Como se preparar para o vestibular e alcançar a aprovação? Descubra!

como se preparar para o vestibular
6 minutos para ler

O acesso ao ensino superior, na maioria das vezes, acontece por meio de uma prova classificatória. Esse é um divisor de águas para muitas pessoas que querem acrescentar mais qualificação ao currículo, além do ganho de novas habilidades e conhecimento. Contudo, ainda existe uma dúvida entre os candidatos às diversas vagas ofertadas: como se preparar para o vestibular?

Antes mesmo de decidir qual carreira você quer seguir, os preparos para o vestibular já deverão ter começado. Nesse sentido, o estudante que quer se sair bem e garantir a vaga em uma faculdade de qualidade precisa estar bem preparado.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para você organizar os estudos e ter bons resultados. Continue a leitura e também saiba mais sobre a escolha do curso certo para o seu perfil.

Qual a importância de se preparar para a prova?

O vestibular é uma etapa para quem quer dedicar-se à vida acadêmica e atuar em áreas específicas. A importância dele se dá na necessidade de selecionar candidatos aptos às vagas oferecidas pelas faculdades. Nesse sentido, até mesmo para a graduação tecnológica, por exemplo, é comum que essas provas sejam aplicadas. 

Por isso, reforçamos que, mesmo quando você ainda não sabe o que pretende fazer, é importante se preparar para esse tipo de exame. Entre todas as fases que você vai percorrer até chegar ao diploma, o vestibular envolve mais do que a dedicação aos estudos. Como veremos, você também precisa ficar atento às datas, organizar sua rotina, criar planos de estudos etc. 

O que fazer para estar bem preparado e alcançar a aprovação?

Mais do que estudar as matérias do ensino médio e escrever uma redação nota 10, para estar bem preparado e alcançar a aprovação, o vestibulando também precisa dar atenção às dicas a seguir. Confira! 

Priorize as disciplinas mais difíceis para você

Na hora de organizar o que você vai estudar diariamente, tente levantar quais são as disciplinas que você tem mais dificuldade. Lembre-se de como você lidava com as matérias da escola básica e priorize as mais difíceis, pois o tempo para rever tudo é bem menor do que os anos de colégio.

Estude todos os dias

Você não precisa estudar tudo de novo, até porque, provavelmente, não vai dar tempo. A partir das suas prioridades, você pode separar um tempo para os estudos — contudo, faça isso todos os dias, nem que seja uma hora diária. O mais importante é você criar um ritmo de estudos, o tempo pode ir aumentando de acordo com as possibilidades e necessidades.

Coloque metas alcançáveis

Não adianta criar metas que você não vai conseguir atingir. Quando você tem 2 horas por dia para estudar e planeja fazer isso com atividades que levam 3 horas para serem concluídas, alguma coisa vai ficar para depois e logo você desiste por não ver o resultado esperado. Por isso, os seus objetivos de estudos devem condizer com a sua realidade.

Escolha um método de estudo

Existem diversos métodos de estudos para vestibulandos, que inclusive podem ser utilizados durante a faculdade. Um dos mais eficazes é a técnica Pomodoro — consiste em dedicar ao menos 25 minutos diretos de estudo e um intervalo de 5 minutos sempre que esse tempo for cumprido. É fácil, costuma render muito e, aliás, dá para adaptar de acordo com o seu ritmo.

Responda questões de vestibulares

Uma boa dica para quem tem pouco tempo para dedicar aos estudos é estudar a partir de provas anteriores de diferentes vestibulares, mas, principalmente, das faculdades que você pretende fazer a prova. Essa também é uma maneira eficaz de ter um bom rendimento dos estudos e de fazer a checagem daquilo que você tem mais dificuldade.

Revise os conteúdos

A revisão dos conteúdos é uma etapa que deve fazer parte da rotina de estudos. Não deixe para fazer isso apenas na semana da prova, pois já terá muita coisa acumulada. O ideal é revisar depois de um assunto finalizado ou no último dia da semana. Aproveite para marcar pontos que ainda não foram bem absorvidos e retomá-los.

Como escolher um curso para prestar vestibular?

É costumeiro que os vestibulandos comecem os preparos para a prova bem antes de terem certeza quanto ao curso escolhido. Assim como é normal mudar de ideia durante todo esse processo. Por isso, também vamos apresentar algumas informações relevantes na hora de decidir um curso para prestar vestibular. Confira!

Considere suas aptidões

Nem sempre aquela área no qual os profissionais ganham altos salários é a mais adequada para o seu perfil. Então, antes de fazer essa escolha, tenha em mente as suas aptidões. 

Para quem gosta de lidar com números, por exemplo, cursos de finanças podem dar mais lucratividade do que algo mais relacionado a ciências humanas, já que essa facilidade interfere na qualidade dos serviços que você vai oferecer aos seus futuros clientes e, consequentemente, no retorno dado por eles.

Pesquise sobre o mercado de trabalho

Um fator que interfere muito na escolha de um curso superior é a situação dessa área no mercado de trabalho. Algumas delas estão saturadas, enquanto em outras a demanda é alta e chega a faltar profissionais. Mesmo dentro de uma mesma carreira, como aquelas relacionadas à gestão, existem diferentes realidades de mercado.

Conheça a rotina da profissão

Cada profissão tem uma rotina diferente — existem aquelas que exigem mais dedicação aos estudos, mesmo depois de formado, enquanto outras são mais relacionadas à prática. Ainda há áreas em que é tudo misturado. Nesse sentido, conhecer a rotina daquela carreira que você pretende seguir vai ajudá-lo a fazer a escolha definitiva.

Exclua as áreas que não tem afinidade

Dando continuidade à dica anterior, algumas áreas você provavelmente já tem certeza de que não tem aptidão, então exclua-as da sua lista. Mais uma vez, não adianta fazer vestibular para tudo quanto é curso, já que gostar daquilo que a gente faz é um fator essencial para ter sucesso na profissão.

Neste artigo, aprendemos sobre como se preparar para o vestibular, uma etapa importante na vida de quem quer ter uma carreira de sucesso. Além disso, você descobriu algumas maneiras de escolher o curso certo para o seu perfil, já que ninguém precisa gostar de tudo ou fazer todas as atividades possíveis, nem teria como isso acontecer, não é mesmo? 

Gostou deste texto que preparamos exclusivamente para você? Ainda ficou com alguma dúvida ou quer falar um pouco sobre suas experiências no assunto? Então deixe aqui um comentário!

Você também pode gostar

Deixe um comentário