Afinal, devo fazer curso técnico ou tecnólogo? Entenda a diferença

curso técnico ou tecnólogo
6 minutos para ler

É natural ter dúvidas em relação ao curso técnico ou tecnólogo. Afinal, qual dos dois é melhor? Quais são as diferenças? Antes de tomar uma decisão sobre a opção mais adequada para a sua carreira, é preciso conhecer bem a fundo as propostas de ambos e ver qual se encaixa em seus objetivos.

Para desmistificar esse assunto e ajudar na hora de ingressar no curso certo, criamos um conteúdo que explica os principais pontos e as diferenças entre eles. Quer tirar suas dúvidas a respeito desse tema de uma vez por todas? Então, continue a leitura e confira a seguir!

Quais as diferenças entre curso técnico e tecnólogo?

Apesar de nomes e metodologias parecidos, existem várias diferenças entre o tecnólogo e o técnico. Ao entendê-las melhor, você verá que elas são bem consideráveis. Nos tópicos a seguir, explicamos com mais detalhes as principais delas.

Nível de escolaridade e duração dos cursos

Para ingressar em um curso técnico, é necessário ter concluído o ensino médio. Ele é voltado para quem quer ter um bom conhecimento em determinada profissão e deseja se inserir no mercado de trabalho já qualificado para ela. A duração é entre um ano e meio e três anos.

Já o tecnólogo, ao contrário do técnico, fornece um diploma de ensino superior. É necessário ter concluído o ensino médio para dar início aos estudos. A duração é de dois a três anos.

Carreira

Apesar de os dois cursos prepararem o aluno para o mercado de trabalho, há uma distinção entre eles que pode ser crucial na hora da escolha. No técnico, o inscrito terá capacidade de ocupar cargos operacionais, nos quais vai usar seu conhecimento prático nas atividades.

No tecnólogo, o conhecimento adquirido vai permitir ao aluno conseguir cargos mais elevados, como o de analista, supervisor, coordenador e até mesmo gerente. Isso é especialmente importante naqueles casos em que a empresa exige a apresentação de um diploma de ensino superior para liberar certas vagas, que não são operacionais.

Conteúdo programático

É claro que a grade de disciplinas pode variar bastante entre as instituições de ensino. Por essa razão, pode ser que você veja propostas um pouco divergentes. Porém, de maneira geral, o tecnólogo foca mais em conteúdos que preparam os profissionais para atuar em cargos dentro da gestão.

O curso técnico, por sua vez, contém matérias totalmente voltadas para a execução, o que pode incluir aulas práticas e em laboratório, por exemplo. A ideia é formar alunos que tenham uma profissão e estejam prontos para o mercado de trabalho.

Todavia, diferentemente do tecnólogo, no curso técnico a ideia é moldar profissionais com um perfil mais “mão na massa”. Por tal motivo, é importante pensar bem em quais são seus objetivos e necessidades na hora de fazer a melhor escolha para a sua carreira.

Quais as vantagens do tecnólogo em relação ao técnico?

curso técnico ou tecnólogo

Até aqui, você já deve ter percebido que o curso tecnólogo pode ser mais vantajoso que o técnico em alguns pontos, certo? Para que fique claro, vamos listar e explicar alguns motivos pelos quais o ensino superior é o melhor caminho.

Formação especializada

Uma das maiores vantagens em optar pelo tecnólogo é o nível de especialização que o aluno obtém na área escolhida, após a conclusão do curso, o que é uma exigência cada vez mais frequente para ingressar no mercado de trabalho.

Possibilidade de fazer uma pós-graduação

Por se tratar de um curso que oferece um diploma de ensino superior, os alunos do tecnólogo podem ingressar em uma pós-graduação posteriormente. Dessa forma, o nível de qualificação e de conhecimento sobre determinada área fica ainda melhor.

Reconhecimento do diploma e valorização do currículo

O diploma de um curso tecnólogo tem um peso grande no mercado de trabalho. Principalmente pelo fato de ser uma qualificação a nível superior e oferecer um conteúdo totalmente direcionado para a área na qual se deseja trabalhar. Isso já torna o profissional quase um especialista no ramo.

Remuneração mais alta

O curso tecnólogo também proporciona a possibilidade de o graduado conseguir cargos melhores e até mesmo ligados à gestão dentro da empresa. Consequentemente, a remuneração, mesmo para os iniciantes no mercado, costuma ser mais alta do que nos casos de quem faz um técnico.

Nível de aprendizagem superior

Entre o curso técnico e o tecnólogo, apesar de terem durações bem semelhantes, o segundo se sobressai. Isso se deve ao fato de oferecer conteúdos voltados para a gestão e focar a preparação em profissionais capacitados para assumir esses cargos nas organizações.

Já o técnico, por outro lado, direciona as aulas para que o profissional seja mais especializado na execução dos serviços. Por isso, os cargos ocupados por essas pessoas estão mais ligados apenas às operações.

Conheça o curso tecnólogo de Gestão de Seguros

O objetivo do curso tecnólogo de gestão de seguros é capacitar os profissionais para que eles possam realizar diversas atividades no mercado de seguros. Entre as principais, podemos citar:

  • planejamento;
  • execução;
  • coordenação;
  • avaliação de atividades de seguros.

Desse modo, eles se tornam aptos a trabalhar em equipe e a entender todas as etapas que envolvem a gestão de seguros, inclusive nas áreas comercial, técnica e de sinistros.

Já inserido no mercado de trabalho, o recém-formado poderá atuar em empresas com foco em regulação de sinistros e inspeção de riscos e até em seguradoras. Outra grande vantagem é poder trabalhar em outras organizações que não são diretamente desse ramo, mas contam com departamentos de gestão de riscos.

Com isso, não restam dúvidas sobre qual alternativa escolher entre o curso técnico ou tecnólogo, não é mesmo? As vantagens que o segundo oferece são melhores que as do primeiro, principalmente no que diz respeito ao atendimento da exigência de diploma de ensino superior (feita pelas empresas) e pela possibilidade de obter uma remuneração maior.

O que achou desses esclarecimentos? Quer saber como ingressar em um curso tecnólogo e alavancar a sua carreira? Entre em contato conosco, fale com um de nossos consultores e descubra o que é necessário agora mesmo!

Você também pode gostar

Deixe um comentário