Home office: 8 dicas para manter a produtividade trabalhando em casa

home office
7 minutos para ler

Para a maioria dos profissionais, não ter que se deslocar até o local de trabalho, poder trabalhar com a roupa que se sente mais confortável e definir o melhor horário para as suas atividades são diferenciais valiosos do home office. No entanto, junto dessas vantagens, existem alguns desafios a serem enfrentados por quem não está acostumado a trabalhar de casa e que nem sempre são considerados.

Nesse cenário, uma das questões que pode complicar o trabalho em home office é a produtividade. Para quem não está habituado a atuar nesse formato, a grande flexibilidade e liberdade oferecidas podem dificultar o estabelecimento de uma rotina, além de prejudicar o foco na hora de cumprir com os deveres profissionais.

Assim, embora seja inegável que o trabalho em home office tenha muitas vantagens, é preciso se adaptar a esse formato para conseguir manter a produtividade. Pensando nisso, preparamos este artigo com 8 dicas que ajudarão você a manter o foco, explorando ao máximo a sua rotina home office. Acompanhe!

1. Estabeleça horários fixos de trabalho

Uma das recomendações mais importantes para se manter a produtividade no home office é definir horários fixos de trabalho. Embora você tenha uma ampla liberdade quanto a fixação desse horário, isso não exclui a necessidade de uma rotina mais rígida — afinal, mesmo estando em casa, você continua tendo que trabalhar.

Dessa forma, é muito importante que você tenha fixos os horários em que iniciará sua jornada, fará suas pausas e concluirá o dia de trabalho. Não adotar esse tipo de postura pode deixar a rotina muito aberta, abrindo margem para a procrastinação e improdutividade, o que certamente não contribui em nada para o seu rendimento profissional.

2. Defina um local apropriado

Outra orientação é definir o local mais apropriado para as suas atividades. É fundamental que seu ambiente de trabalho seja compatível com o tipo de atividade desempenhada, entregando conforto, ergonomia, foco e produtividade na medida certa.

Vale destacar que trabalhar deitado sobre a cama, ou na mesa da cozinha, por exemplo, não é o mais recomendado. O ideal é ter um espaço que estimule a sua mente a fazer tudo de forma mais séria e comprometida, evitando principalmente as distrações.

Se possível, monte um espaço exclusivo para o trabalho, onde tenha à disposição as ferramentas e equipamentos necessários e possa se dedicar aos seus projetos sem interferências externas.

3. Crie um ritual matinal

Existem comportamentos rotineiros que podem funcionar como gatilhos para a nossa mente, nos preparando melhor para o trabalho. A exemplo, acordar cedo, tomar um banho, ligar o computador e encher a sua xícara de café pode funcionar como um ritual matinal que demarca o início do seu dia.

Quando esses rituais se tornam hábitos, eles condicionam a nossa mente a agir de uma determinada forma. No caso do home office, pode ser uma maneira de condicionar a mente a se preparar para o trabalho, melhorando o foco, a concentração e a disposição para a rotina que se inicia.

Dessa forma, criar uma rotina matinal pode ser uma excelente estratégia para dar o pontapé inicial ao seu dia de trabalho, despertando todo o seu potencial produtivo de uma maneira inconsciente, mas muito efetiva.

4. Tire o pijama

Muito embora o home office ofereça a liberdade de se poder trabalhar com a roupa mais confortável, não é recomendado que você trabalhe de pijama, por exemplo. Isso porque, inconscientemente, seu cérebro tende a associar esse tipo de traje a momentos de relaxamento e descanso, o que pode afetar diretamente a sua produtividade no trabalho.

Nesse sentido, é bem verdade que não é necessário que você vista uma roupa formal para trabalhar dentro de casa. No entanto, é interessante que você encontre o meio-termo entre o conforto e a liberdade do ambiente doméstico e a seriedade do trabalho. Dessa forma, certamente estimulará a sua mente a trabalhar de maneira mais produtiva.

5. Elimine distrações

Sem dúvida, um dos grandes pontos negativos de se trabalhar em casa é a presença constante de distrações. Especialmente para quem compartilha o ambiente com outras pessoas, pode ser bastante difícil manter a concentração com tantas outras coisas acontecendo em volta e exigindo a sua atenção.

Por essa razão, é muito importante que antes de iniciar a sua rotina home office você elimine todas as distrações possíveis. Para isso, por exemplo, você pode:

  • desligar aparelhos eletrônicos, como a televisão ou o som;
  • evitar a execução de tarefas domésticas enquanto trabalha;
  • se manter longe do seu celular;
  • utilizar o fone de ouvido ou um tampão para reduzir os ruídos externos;
  • evitar acessar redes sociais e outros sites em diferentes abas do navegador, caso utilize o computador para trabalhar, entre outras ações.

6. Oriente seus familiares a não interrompê-lo

Trabalhar em casa com outras pessoas fazendo barulho ou exigindo a sua atenção constantemente pode prejudicar bastante a sua produtividade. Por isso, é muito importante que não só você, mas todos os membros da sua família, estejam cientes das necessidades e dos impactos que o trabalho em home office pode trazer para a rotina da casa.

Nesse sentido, uma medida necessária é orientar os seus familiares sobre como agir enquanto estiver trabalhando. Peça a eles que não interrompam sua rotina sem necessidade e que evitem fazer muito barulho em determinados horários, por exemplo. Medidas simples já podem facilitar a rotina e garantir uma maior produtividade trabalhando em casa.

7. Alimente-se bem

Embora muitas pessoas desconsiderem esse ponto, a produtividade no trabalho também é impactada pela forma como você se alimenta. Nesse sentido, é preciso ter uma atenção especial com a sua alimentação, priorizando alimentos que contribuam com o seu desempenho físico e mental.

Aqui, não existem regras rígidas. Na verdade, o ideal é que você esteja sempre bem nutrido, pois a sensação de fome pode tirar bastante a concentração. Dessa forma, é essencial que você faça pausas ao longo da jornada de trabalho para se alimentar.

Além disso, outra dica é não abusar da quantidade, pois trabalhar com a sensação de estomago cheio também interfere na sua produtividade. No mais, dê preferência para alimentos leves e nutritivos.

8. Respeite os momentos de descanso

Não é porque você está em casa e tem liberdade para fazer a sua rotina que deverá trabalhar por longas horas sem descanso. É importante ter em mente que a produtividade não está atrelada somente à quantidade de trabalho, mas principalmente à qualidade dele.

Sendo assim, a última orientação que destacamos é que você delimite os seus momentos de descanso e, mais do que isso, respeite-os. Trabalhar de maneira exaustiva, além de prejudicar a qualidade do trabalho, também traz prejuízos para a sua saúde física e mental, especialmente quando o sono fica prejudicado em razão das jornadas excessivas.

Por fim, como vimos, o trabalho em home office, apesar de muito vantajoso e bem-visto pelos profissionais, esconde alguns desafios. Para quem não está adaptado a esse formato, problemas de produtividade podem eventualmente surgir, mas também podem ser facilmente contornados com as dicas que listamos. Agora é com você!

Gostou deste conteúdo? Acredita que ele pode ser útil para mais pessoas? Então aproveite para compartilhá-lo nas suas redes sociais! Assim, todos os seus amigos e conhecidos podem ter a chance de aumentar a sua produtividade em home office.

Você também pode gostar